17ª e 18ª Provas do Henrique Gonçalves 2019 (1ª Manga)

Campera [Kartodromo do Carregado (A)]

17ª Prova * 1ª Manga

Decisão, empurrada para a última prova

Com tudo ainda por decidir em termos de liderança, Ruben Conceição e Ricardo Araújo, abordaram a prova de forma “tudo ou nada”.

Ruben Conceição (12), conseguiu ser o mais rápido mas Ricardo Araújo (13), retardou a decisão do titulo, para a ultima prova.

Logo nos treinos, deixaram bem evidente, que não iriam baixar os braços e durante a prova, fizeram 1º e 2º lugar, com uma diferença de 0,009s entre eles, deixando a decisão para a ultima prova. Luis Mendes, voltou aos lugares do pódio, enquanto Tiago Teixeira, João Duarte, Alexandre Gouveia, Ruben Costa e Fábio Santos, fechavam o “lote de pontuados”.

Luis Mendes, conseguiu ser o terceiro mais rápido da prova.

Fora dos pontos mas no grupo dos dez mais rápidos, figurariam Eduardo Machado e Paulo Pinto.

17ª prova da 1ª manga: 1º Ruben Conceição (47,964s.) da Mundimat, 2º Ricardo Araújo (47,973s.) da RST (Racing Spirit Team) e 3º Luis Mendes (48,398s.) da Team MM.

 

18ª Prova * 1ª Manga

Ruben Conceição, revalida o titulo de 2016

Correndo com mais 5 Kg (devido à vitória na prova anterior), Ruben Conceição, ficou bastante apreensivo com o fato de estar condicionado para a prova.

Ruben Costa, foi o mais rápido desta prova, no entanto, ficaria com o 4º lugar na classificação geral.

Ricardo Araújo, disporia assim, de uma vantagem na prova, para tentar superar a diferença pontual para o seu adversário. Na prova, Ruben Costa seria o mais rápido, seguido de Marcelo Nicoluzzi e Diogo Topa. Alexandre Gouveia, seria o 4º mais rápido e “esvaiam-se” aqui as esperanças de Ricardo Araújo, pois precisava de 5 pontos para vencer este evento, nesta sua estreia na Nacional Kart.

Esta seria a melhor prova do ano de Marcelo Nicoluzzi. O segundo lugar na prova, permitiu uma subida na geral mas, sem grande efeito no fim.

Tiago Teixeira seria quinto, seguido dos tempos de Fábio Santos, Luis Mendes e… Ricardo Araújo. Ainda dentro das dez melhores voltas, ainda figurariam Eduardo Machado e Miguel Patrício. Contas finais: Embora não pontuasse na ultima prova, Ruben Conceição, revalidou o titulo de 2016, enquanto que Ricardo Araújo, sai desta sua estreia, com um incrível resultado, onde acabou por não ganhar, por 0,248s. Alexandre Gouveia, fecha o pódio e é incrível o seu resultado, pois foi dos pilotos menos assíduos durante o ano.

Esta ultima prova do ano, correu tão mal a Ruben Conceição que, no fim, ficou convencido de ter perdido o Troféu. Isso não aconteceu e Ruben revalidou o Titulo que lhe escapava à dois anos.

18ª prova da 1ª manga: 1º Ruben Costa (48,680s.) da Palocar / R’Aces, 2º Marcelo Nicoluzzi (48,720s.) da Os kartugas e 3º Diogo Topa (48,743s.) da FitCarcavelos / RATM

 

Esta entrada foi publicada em 14º Campeonato Nacional Kart. ligação permanente.