Resultado da 13ª Taça Rota K (2019)

Kartódromo de Palmela ( 270 c.c. e 390 c.c.)

13ª Edição da Taça Rota K (2019)

A segunda maior afluência de sempre

É preciso recuar até 17 de Setembro de 2000, para se assistir a uma afluência de equipas à Taça, como a deste ano. Nesse, no Kiro (Bombarral), trinta e seis equipas, disputaram a que foi a segunda Taça Rota K. Mais de dezanove anos depois, a Taça Rota K, torna a ter uma quantidade de participantes, verdadeiramente impressionantes.

Este ano, a Taça teve uma das maiores afluencias de sempre na Rota K.

Um excelente tempo com um sol radioso, receberam assim no KIP, as trinta e quatro equipas, que se apresentaram pelas 15h00, para efectuarem as três provas de 25 minutos cada. Mais uma vez, a grelha da primeira prova, foi sorteada e a segunda, foi inversa da primeira. Após estas duas provas com os Rimo 270 cc, as equipas foram separadas em duas finais, que foram realizadas com os Sodi GT4R de 390 cc. Também a ZTV, voltou a estar presente nesta Taça, onde transmitiu na integra, todas as provas pontuáveis, para a atribuição da Taça de 2019. Tivemos ainda, a presença de sete novas equipas, que mostraram bom andamento, prometendo assim uma grande possibilidade de evolução.  

1ª Prova, Circuito KIP (A) (Rimo Evo 6 270 cc)

R’Aces, destaca-se na prova inicial.

Com o termino dos cinco primeiros minutos de treinos livres, alinharam-se as trinta e quatro equipas para a primeira prova de vinte e cinco minutos. À cabeça da grelha (sorteada), a Senna Sem Stress, tinha a companhia da LightSpeed. Tinha, porque após ser dada a partida, esta ultima foi-se “afundando” na classificação, enquanto a Karters Team e a R’Aces, dominavam quase por completo a primeira parte da prova. Esse domínio não seria total, devido à presença, tanto da Senna Sem Stress, como da Kart old School Racing e da Compatible Numbers. Atrás destes, as trocas de posição e formação de vários pelotões, foi uma constante. Após as trocas de pilotos, algo “saltou à vista”, pois a prova era liderada pela Damm Rabits, com uma vantagem bem evidente.

A R’Aces, começou este evento da melhor maneira.

Tal só poderia ser explicado, por uma falha completa durante a paragem para troca de pilotos. Também a Karters Team, que estava a fazer uma excelente prova, seria apanhada nos registos da balança, o que deixava os seus perseguidores (sem o saberem), sem adversário na sua frente. O cortar da meta, foi feito com a R’Aces, Compatible Numbers e Kart Old school Racing, lado a lado, com esta ultima, “ensanduichada” entre as outras. No fim, a Kart Old School seria penalizada com 5 segundos (falta de tempo na boxe), mas a sua prestação foi tão boa, que apenas perdeu posição para a Portugal Racing Team. A NOVA Racing Team, terminaria em quinto, seguida da Indoor Karting Calda da Rainha, RST (Racing Spirit Team), FitCarcavelos, BLG Sport, que tinha partido do ultimo lugar e a fechar o grupo dos dez primeiros, ficaria a Clube Millenium BCP.

1º R’Aces, 2º Compatible Numbers e 3º Portugal Racing Team  

2ª Prova, Circuito KIP (A) (Rimo Evo 6 270 cc)

Há imagem do ano passado, BLG Sport, responde prontamente.

Após a “titânica” tarefa de se chegar à frente, a BLG Sport, mostrava-se apreensiva. Isto pelo facto, de o kart atribuído, não ter feito grande resultado na prova anterior. Desta feita, a BLG Sport, partiria da pole position, com Os Kartugas a seu lado e com as Samuag Racing e a FitCarcavelos atrás de si. Desta vez, a partida foi mais discutida, com uma “cauda do pelotão” repleta de “toques” e onde a Kart Old School, ficaria nos pneus da parabólica interior. Depois disso, foi a vez da Portugal Racing Team, que ficaria “encostada” aos pneus, na curva do poste e a equipa, Os Bébés, “apanharia por tabela”, ficando também “virada” no mesmo local.

A “receosa” BLG Sport, tornou a mostrar que não vem à Taça só para treinar.

Na frente, a BLG Sport, nem tinha de se preocupar com a FitCarcavelos, pois embora esta seguisse no segundo posto, logo deu para perceber que, não seria ameaça. Mesmo antes da abertura de boxes para a troca de pilotos, a GP Team ver-se-ia parada logo após a curva do poste, obrigando-a a trocar de veiculo. Após as paragens, enquanto a Carros Antigos G. Laranjo, perdia imenso tempo nas boxes, a Zimermmann, voava baixinho e após passar a Indoor Kart Caldas da Rainha, alcançava a FitCarcavelos e assenhorava-se do segundo lugar da geral. Mais atrás, a R’Aces ver-se-ia, pressionadíssima pela Portugal Racing Team, que senhora de uma excelente recuperação, já tinha passado a sua congénere Pro e também a NOVA Racing Team. A Larghetto terminaria na nona posição e a Carros Antigos G. Laranjo, fecharia os “dez mais”.             

1º BLG Sport, 2º Zimermmann e 3º FitCarcavelos

3ª Prova, (Final A) Circuito KIP (B) (Sodi GTR 4 390 CC)

R’Aces, alcança vitória e praticamente garante a sua 2ª Taça Rota K

Com o acréscimo de mais uma prova, as finais tiveram de ser divididas em A e B. Para isto, utilizou-se a regra de duas mangas do Campeonato e premiou-se os participantes na final A, com mais 7 pontos. Assim sendo, as primeiras catorze equipas da classificação geral, foram alinhadas pela posição atual. Partindo com prioridade, a R’Aces tinha a companhia da BLG Sport a seu lado e as presenças da Portugal Racing Team e Indoor Kart Caldas da Rainha atrás de si. Logo após a partida, enquanto a BLG Sport, era “lentamente engolida” pelo pelotão, a R’Aces “disparava” para a frente, levando a Indoor kart Caldas da Rainha atrás de si e deixando a Portugal Racing Team a NOVA Racing Team e a FitCarcavelos, entretidas entre si.

Nesta 1ª final, a R’Aces praticamente assegurou a sua segunda vitória no evento.

Na cauda do pelotão, a Clube Millenium BCP, falhava a parabólica interior, obrigando-a a uma incursão pela terra enquanto a Os Kartugas, ficaria virada após a curva da reta da meta. Após a paragem para trocas de pilotos, foi a altura do tudo ou nada e enquanto a R’Aces, voltava à pista com uma confortável vantagem, a NOVA Racing Team, Portugal Racing Team e Indoor Kart Caldas da Rainha, mantinham-se “teimosamente juntas”.

Excelente a prestação da Indoor Karting, Caldas da Rainha, a sair da prova, com o segundo lugar da geral.

Mais atrás, a JRS Team Racing , Merlett Team Kart e Carros Antigos G. Laranjo, tentavam impor o seu andamento ao dos adversários. Atrás deles, também a combatividade era intensa, com a Larghetto, RATM e Kart old School Racing a tentarem chegar-se à frente. No fim, a R’Aces, terminaria na frente da Indoor Kart Caldas da Rainha, que aguentou a ponta final da NOVA Racing Team. Mais atrás, A Portugal Racing Team, assegurava a quarta posição, na frente da FitCarcavelos, BLG Sport, Compatible Numbers, Merlett Team Kart, JRS Team Racing e Carros Antigos G. Laranjo. O décimo primeiro lugar, ficou na posse da RATM que foi seguida das: Larghetto, Kart old School Racing, Clube Millenium BCP, PRT Pro, Os Kartugas e Zimermmann, que teve alguma dificuldade em se entender com este veiculo.   

1º R’Aces, 2º Indoor Kart Caldas da Rainha e 3º NOVA Racing Team

4ª Prova, (Final B) Circuito KIP (B) (Sodi GTR 4 390 CC)

Karters Team, vence e “atenua” um pouco, a campanha do fim-de-semana.

Após o término da final A, esta B, tinha como participantes, todas as equipas posicionadas do décimo oitavo lugar para diante. À cabeça da grelha, uma novidade, pois embora a Mundimat seja a atual detentora do Campeonato, os seus pilotos são novos e pela primeira vez em muito tempo, uma senhora alinhou numa grelha (e logo na frente). Ao lado da Mundimat, partiria a Fox JR, tendo atrás de si, a Senna Sem Stress e a Paint in Time Racing Team. Após o sinal de partida, a Senna Sem Stress, partia que nem “uma bala”, posicionando-se à cabeça logo na primeira curva. No entanto, tal não chegou a perfazer uma volta, pois a Paint in Time Racing Team e a RST (Racing Spitit Team), passá-la-iam. Mais atrás, a Fox JR e a Ana Cabeleireiros, tentavam aguentar a Kart Clube de Lisboa e a Karters Team que embora partisse do fundo da tabela, ao fim de uma volta, já seguia na oitava posição atrás da Mundimat. Perto da abertura das boxes, a RST (Racing Spitit Team), mantinha-se na frente da Paint in Time Racing Team, enquanto a Senna Sem Stress, lutava para se aguentar na frente da Karters Team. Com as trocas de pilotos, a Karters Team, saiu bem perto das equipas da frente e após algumas curvas, assumiu a liderança da prova.

Embora este não seja o kart pilotado, a Karters Team (7), venceu a ultima prova do dia, mas seria a Senna Sem Stress (40) a unica equipa a “pular” para os dezasete primeiros classificados da geral.

Mais atrás, a “luta” entre a Paint in Time Racing Team, RST (Racing Spitit Team) e Senna Sem Stress, apanharia a estreante Samuag Racing pela frente e embora o seu jovem piloto se portasse à altura, os mais “veteranos” não lhe deram qualquer margem de manobra. No entanto, a postura da Samuag Racing, deixa muito boa indicação futura, de uma equipa muito jovem mas que não se deixa intimidar. No fim, a Kartes Team, venceria na frente da Senna Sem Stress e da RST (Racing Spitit Team). O quarto posto ficou para a Kart Clube de Lisboa, seguida das: Clube OGMA, Mundimat, Ana Cabeleireiros Sacavém, Fox JR, LightSpeed e Damm Rabits. A MicroÁgua Racing team, ficaria na décima primeira posição, seguida das GP Team, P&F Racing Team, Os Bébés, RGS Racing Squad, Paint in Time Racing Team e da Samuag Racing.     

1º Karters Team, 2º Senna Sem Stress e 3º RST (Racing Spitit Team)

Resultado Final da 13ª edição, da Taça Rota K (2019)

Como resultado final desta Taça, a R’Aces, revalidaram o título de 2014 (8ª Taça) e levaram a tão ambicionada. A Indoor Kart caldas da Rainha ficou com o segundo lugar, seguido da Portugal Racing Team. A BLG Spot foi quarta, seguida das: NOVA Racing Team que empatou com a FitCarcavelos, Compatible Numbers, Carros Antigos G. Laranjo, PRT Pro e a Clube Millenium BCP, seria uma revelação e fecharia o “top ten”.

Ruben Costa e Tiago Teixeira (R’Aces), venceriam pela 2ª vez, a Taça Rota K.

Também excelente, a prestação da décima primeira classificada JRS Team Racing e da Kart Old School Racing que ficaria em décima segunda. A RATM viria de seguida, com as Merlett Team Kart e Larghetto (empatadas) atrás e a Zimermmann e Senna Sem Stress atrás. As equipas Os Kartugas, RST (Racing Spitit Team) e Mundimat, fechariam a segunda dezena de posições, empatados em pontos. A Fox JR, seria vigésima primeira, seguida das Kart Clube de Lisboa, Ana Cabeleireiros Sacavém, Karters Team, Clube OGMA, Paint in Time Racing Team, LightSpeed, P&F Racing Team, MicroÁgua Racing Team, Os Bébés, GP Team, RGS Racing Squad e a Samuag Racing, fecharia a contagem. 13ª Taça Rota K, R’Aces, 2º Indoor Kart Caldas da Rainha e 3º Paotugal Racing Team

Fotos de: Cristiana Gomes

Esta entrada foi publicada em 13ª Taça Rota K (2019), Taça Rota K 2013. ligação permanente.