7ª e 8ª Provas do Henrique Gonçalves 2020 (2ª Manga)

KIRO [Bombarral * Kartódromo Internacional da Região Oeste (2B)]

7ª Prova * 2ª Manga

Foi finalmente desta Pedro Casinha?

Conta-se sempre com ele e a velocidade (ou falta dela) não é a sua preocupação, mas na verdade, Pedro Casinha, nunca conseguiu ser o mais rápido de uma prova. Pois bem, isso acabou, pois desta vez, foi dele o melhor registo da volta. Com o tempo de 1,04,489s, Pedro Casinha conseguiu-se superiorizar a Eduardo Machado que só agora, entrou para esta tabela.

Pedro Casinha (216), conseguiu finalmente, uma vitória e a obtenção de uma melhor volta. Para Eduardo Machado (204), a obtenção do segundo melhor tempo, espelha uma prova, onde passou todo o tempo atrás de Casinha.

Continua em grande José Carreira e desta vez, não foi com o piso molhado que José Carreira arrecadou o terceiro melhor tempo (muito pelo contrário). João Côrte-Real, seria o quarto e Martim Fidalgo fecharia o lote dos pontuados.

Está em grande José Carreira. Esta parece ser uma pista onde se dá muito bem, voltando a conseguir pontuar neste Troféu.

O pior lugar ficou para Ricardo Marcelino, seguido dos tempos de: Vilson Rosa, Humberto Gomes, Cristiano Duarte e Daniel Donnini que fecharia assim os “dez mais” desta prova.                                     

7ª prova da 2ª manga: 1º Pedro Casinha (1,04,489s.) da JRS Team Kart, 2º Eduardo Machado (1,04,496s.) da Barboflex Team Kart e 3º José Carreira (1,04,918s.) da Team GC.

8ª Prova * 2ª Manga

Vilson Rosa, voltou a “brilhar”.

Após uma prova, onde teve de se valer de todos os seus pergaminhos, conseguindo mesmo ascender À quinta posição final na ultima volta, Vilson Rosa, partiu para esta verdadeiramente endiabrado. Embora não isento de erros, Vilson não só venceu a prova, como arrecadou a melhor volta e foi sistematicamente o mais rápido em pista (Bombarral é para si, talismã).

Embora não isento de erros, Vilson Rosa “arrasou” a concorrência mais directa. Saiu do Bombarral, com um par de resultados excelente e a abrilhantar ainda mais as prestações, com a melhor volta da ultima prova do dia.

Embora carregasse mais 5 kg, Bernardo Silva, também fez uma prova exemplar, conseguindo mesmo, a obtenção do segundo melhor registo da mesma. Fernando Vicente, também se estreou nesta tabela, ficando senhor da 3ª melhor volta e relegando Martim Fidalgo e Humberto Gomes para os últimos dois lugares pontuáveis.

O transportard o “maldito calhau”, não pareceu intimidar nada Bernardo Silva. Fez uma prova excelente e obteve o segundo melhor registo de volta da prova.

Nos lugares seguinte, ficaram os registos de: Frederico Cruz, José Carreira, Ricardo Marcelino, Daniel Donnini e António Farinha que fechou assim a contagem dos dez mais rápidos desta prova.            8ª prova da 2ª manga: 1º Vilson Rosa (1,04,844s.) da Kart old School Racing, 2º Bernardo Silva (1,04,856s.) da JRS Team Kart e 3º Fernando Vicente (1,04,879s.) da Barboflex Team Kart.

Esta entrada foi publicada em Henrique Gonçalves do 23º Campeonato NK. ligação permanente.