9ª e 10ª Provas do Henrique Gonçalves 2020 (2ª Manga)

Campera [Carregado * Campera Karting (A)]

9ª Prova * 2ª Manga

Se bem que seja a primeira vez, ninguém se admirou com a prestação de Martim Fidalgo.

É verdade. Embora seja a primeira vez que Martim Fidalgo pontua com nota máxima nesta categoria, também o é que ninguém ficou admirado.

Martim Fidalgo (9), superou-se a Alexandre Gouveia (5), marcando um ritmo excelente e conseguindo um pleno.

E porquê? Porque o andamento demonstrado por este jovem piloto, tem sido incrível. Além disso, teve de se bater com Alexandre Gouveia, conseguido levar a melhor sobre o piloto que tem o recorde de presenças consecutivas nesta tabela (nove). Paulo Cruz, estrear-se-ia nesta tabela, após mais de quinze anos e fazendo-o recordar o titulo do Troféu Henrique Gonçalves do 5º Campeonato Rota K em 2002.

Aos poucos, Paulo Cruz (15), está a voltar à sua forma ideal.

José Carreira, voltava a pontuar com o quinto melhor registo empurrando para o ultimo lugar pontuável o tempo de Luís Mendes. Fora dos pontos, ficariam os tempos de Tiago Silva, Daniel Cruz, Nadir Turkman, Ricardo Mestre e Filipe Espirito-Santo.                                     

9ª prova da 2ª manga: 1º Martim Fidalgo (50,118s.) da Dream Circuit, 2º Alexandre Gouveia (50,148s.) da NOVA Racing Team e 3º Paulo Cruz (50,313s.) da Team Cruz.

10ª Prova * 2ª Manga (Realizada dia 8 de Agosto).

Luis Mendes, finalmente deu um “ar da sua graça”.

Um quarto e um quinto lugar, tinham sido até agora, as melhores posições alcançadas por Luís Mendes. Algo de estranho porque, no ano passado, Luís tinha passado meio ano a liderar este troféu.

Luis Mendes (24), foi desta vez o piloto mais rápido da corrida. Martin Fidalgo (2), venceu a prova mas neste evento, realizou o 5º melhor registo.

Desta feita, Luís “arrasou a concorrência, deixando o segundo lugar a uns incríveis 0,567s. Nesse lugar, uma estreia nesta tabela. Ivan Bostorf, acabaria a prova com o melhor registo de 49,316s, superiorizando-se a Humberto Gomes e Estéfano Matos. Estes últimos, veriam os seus resultados retirados, quer por falta de peso, quer por já haverem pontuado por outra equipa. Assim sendo, o terceiro lugar e respetivos pontos, foram entregues a Sérgio Monteiro, que assim, voltou a figurar nesta tabela.

Ivan Bostorf, estreou-se a pontuar neste evento e logo com um segundo lugar.

Os últimos lugares pontuáveis, foram para Martim Fidalgo e Paulo Cruz, enquanto Nuno Serrão, Cristiano Duarte, Daniel Donnini, Luis Mota e Rodolfo Aires fechariam o lote dos 10 mais rápidos, mas já sem pontos. 10ª prova da 2ª manga: 1º Luis Mendes (48,794s.) da Team MM, 2º Ivan Bostorf (49,316s.) da Larghetto e 3º Sérgio Monteiro (49,563s.) da Team MM.

Esta entrada foi publicada em Henrique Gonçalves do 23º Campeonato NK. ligação permanente.